Ford homenageia as mulheres com “Edição Só para Homens” do Explorer

08/03/2023

Explorer "Edição Só para Homens". O único veículo que dispensa mais de um século de contribuição das mulheres.

  • O modelo não traz nenhum recurso desenvolvido por mulheres, como aquecedores, limpadores de para-brisa e luzes de freio
  • A ação faz parte da comemoração do Dia Internacional da Mulher, destacando o papel crucial que elas desempenham na criação dos carros modernos
  • A empresa montou um painel global para homenagear a contribuição das mulheres à indústria, que inclui também profissionais brasileiras

A Ford apresentou nos Estados Unidos uma nova versão do Explorer, a “Edição Só para Homens” do SUV. No vídeo de lançamento, o locutor explica que se trata de um veículo reimaginado, sem nenhum recurso desenvolvido originalmente por mulheres, como aquecedores, limpadores de para-brisa, luzes de pisca e de freio e GPS.

A brincadeira faz parte da comemoração do Dia Internacional da Mulher, para destacar o papel crucial que elas desempenham no design, na engenharia e na produção de modernos veículos, conquistando cada vez mais espaço em uma indústria que foi tradicionalmente dominada por homens.

As ações da Ford dedicadas ao Mês da Mulher incluem também a publicação de um painel no seu site e redes sociais homenageando mulheres do presente e do passado que deram contribuições históricas à indústria automotiva e servem para inspirar futuras gerações de inovadoras. Por exemplo: Hedy Lamarr, inovadora do sistema de comunicação usando a tecnologia de celular, Wi-Fi e GPS; Florence Lawrence, pioneira das luzes de freio e de pisca; Dorothy Levitt, criadora do espelho retrovisor; Dorothée Pullinger, inovadora do espelho retrovisor; e dra. Gladys West, pioneira do GPS moderno.

Brasileiras de destaque

Mulheres brasileiras que hoje trabalham em projetos globais no Centro de Desenvolvimento e Tecnologia da Ford em Camaçari, BA, e em Tatuí, SP, também são destaque. A engenheira elétrica Poliana Rocha, que atuou no projeto e liberação de peças da caçamba das picapes pesadas Série F SuperDuty, é uma delas.

A engenheira mecânica Silvia Iombriller está à frente de outra área importante: a de desenvolvimento de freios dos veículos comerciais da Ford na América do Norte e o time global de freios a ar. A engenheira mecatrônica Amanda Almeida, supervisora de puxadores, fechaduras e mecanismos, coordena a equipe que desenvolveu as novas maçanetas da tampa da caçamba da Maverick.

Na área de veículos elétricos, a engenheira Júlia Matos trabalha no desenvolvimento do Mustang Mach-E, e Jane Maranhão supervisiona um time de 14 pessoas que trabalham no desenvolvimento de requisitos e indicadores de qualidade para baterias.

A química Cristiane Gonçalves, há 19 anos na Ford, participou de pesquisas que geraram quatro patentes de novos materiais para automóveis, incluindo compostos de borracha para mangueiras de combustível resistentes ao biodiesel e polipropileno biorrenovável produzido com cascas de pupunha.

A Ford mantém dentro da empresa um grupo de discussão voltado à equidade, o Women of Ford, para promover um futuro cada vez mais diverso e equitativo. Este mês, além de palestras, foi criada a campanha #EmbraceEquity, destacando a importância do avanço social, econômico, cultural e econômico das mulheres.


Notícias

Notícias

Veja todas as novidades da FORD CAER OCEÂNICA


Botão verde do WhatsApp Ford Caer

Siga a Caer nas redes sociais

  • Facebook da Ford Caer
  • Instagram da Ford Caer
  • YouTube da Ford Caer
  • WhatsApp da Ford Caer